Capitães de Areia




Capitães de Areia - Meu gosto por literatura está muito mais próximo do erotismo e safadeza de Nelson Rodrigues do que a "malandragem", do cotidiano e da representação do nordestino de Jorge Amado. Isso não quer dizer que não aprecie algumas obras do autor de Tieta do Agreste. As obra do escritor baiano são densas, poéticas e, quase sempre, obrigatórias.


Li e adorei os livros "Tieta do Agreste", "Dona Flor e seus Dois Maridos" e "Gabriela, Cravo e Canela". Seus outros trabalhos ainda não tive o prazer e o devido tempo para degustar.


Fui assistir "Capitães de Areia" tendo ciência de que o filme não fez o sucesso desejado pelos produtores, ou seja, em algum momento o filme não teve sucesso no boca a boca e como consequência, o público fugiu um pouco do filme.


Ao concluir o filme percebi onde se encontravam os erros, em meu ponto de vista. O roteiro é frágil, superficial, pouco conquistador e não segura a atenção do público, não via a hora do longa chegar ao final e detalhe: o longa possui pouco mais de uma hora e trinta minutos, ou seja, não é o tempo corrido que cansa no filme é a falta de força no roteiro.


Os personagens são outro ponto fraco da obra cinematográfica. Não me senti atraído ou com emoção por nenhum personagem. Em nenhum momento os personagens trazem aos expectadores a sensação de identificação ou cativação. Somente Dora (Ana Graciela) transmite algo a mais e merece elogios.


Mas, nem tudo são pedras nessa adaptação: A trilha sonora de Carlinhos Brown me agradou muito. A canção "Contato Imediato" de Arnaldo Antunes é, a meu ver, outro grande destaque do filme. Ela serve como suporte para o roteiro no único momento de poesia no filme, onde a inocência das crianças, apesar da vida sofrida e complicada, é sentida pelo público.


A fotografia também merece aplausos. Identifico três linhas bem diferentes nas imagens:

1º - a fotografia serve como cartão postal da Bahia e de seu povo, quase como um quadro na parede;


2º - as imagens servem para representar o submundo, a malandragem e o erotismo, onde a fotografia aparece escura, "suja";


3º - momento em que o visual é apenas para contar a história dos personagens e faz seu trabalho de forma simples e direto.


Se adaptação é sempre complicada e fica a critério do gosto pessoal, diria que "Capitães de Areia" pecou feio no roteiro e no elenco, fazendo com que a parte técnica não conseguisse salvar a obra do Amado Jorge. Uma pena.


Sinopse - Os Capitães de Areia - Pedro Bala, Professor, Gato, Sem-Pernas e Dora - são personagens que Jorge Amado um dia criou para habitarem eternamente na memória de seus leitores. Abandonados por suas famílias, eles são obrigados a lutar para sobreviver pelas ruas de Salvador.


Filme: 2,5 pipocas


1 - pipoca - péssimo

2 - pipocas - ruim

3 - pipocas - razoável

4 - pipocas - bom

5 -pipocas - ótimo




14 comentários:

Letícia R. disse...

Nunca assisti ao filme. Mas li o livro para uma prova na escola, quando estava na oitava série. É um dos livros literários que mais me emocionei lendo. Chorei muito com as partes que envolviam a Dora e o Pedro Bala. Amei e leria novamente trezentas vezes se precisasse, achei tão lindo ><

Tiago Britto disse...

Assisti o filme e li o livro nos tempos de colégio...naquela época não era um grande fã de leitura, mas este foi um dos primeiros trabalhos que me fizeram passar a admirar o mundo literário. Foi com muita expectativa que fui ver o longa, mas confesso que a neta dele se aproveitou do sucesso para ganhar dinheiro. O Roteiro não chega ao chulé da trama do livro e os atores são muito fraquinhos e pouco cativantes. Sai muito triste da sessão, pois vi que tinha estragado um trabalho brilhante de Jorge Amado....De toda forma, concordo contigo quando diz que as imagens são bonitas e servem de cartão postal da minha terra...Carlinhos Brown é um gênio e apresenta uma trilha linda, mas o filme não passa disso.

Amanda Aouad disse...

Verdade, o filme é um rascunho do livro, que é o que mais gosto de Jorge Amado. Os personagens são melhores desenvolvidos nas páginas que na tela. Mas, a trilha é muito boa mesmo.

bjs

! Marcelo Cândido ! disse...

Poderia ter visto, mas faltou o tempo necessário em dezembro do ano passado...
!!!
Estava sumido Sr. Renato!

Celo Silva disse...

Assisti no cinema e achei esse filme bem fraquinho, parece q a diretora quis fazer um apanhado geral do texto e ficou confusa. Poderia até render algo mais pleno nas mãos de um diretor mais competente. Abs e Apareça!

http://espectadorvoraz.blogspot.com/

Fábio Henrique Carmo disse...

Eu considero este o melhor livro de Jorge Amado. Não fui ver a adaptação para não me decepcionar, já que não foi muito bem falada. Abraço!

leandroaleixo disse...

Outro filme que escuto muito falar,mais que ainda nao tive previlegio de assistir...!! quem sabe na proxima..!rsrs

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Ah, meu amigo, que decepção. Um filme pra gringo ver. E o romance é tão belo...

Cumprimentos cinéfilos e apareça!

O Falcão Maltês

quaresma. disse...

tô de volta e estava com saudade (:

desde que o megaupload foi pro saco eu nunca mais assisti filme, tenho uma dificuldade do cão de encontrar pra baixar e muita preguiça também. e agora, quem poderá me defender?! '-'
hehe

beijas, eterno! ;*

ps: eu não sô um robô! (risos)

Karla Hack dos Santos disse...

Ainda não assisti, mas que pena que não agrada... é uma boa história!

;D

Tsu disse...

Oi Renato.
Tai um filme que não pretendo ver kkkk.

Como estás? Pulando carnaval? =p
Sim..filmes Noir é bem interessante e o anime do mesmo nome capta a essência das personagens femininas para esse termo.
bjs

Marcos Rosa disse...

Até que gostei do filme, excluindo a inexperiência dos atores mirins -em alguns momentos pareciam estar em uma peça de colégio - ainda sim me impressionou alguns dramas dos pequenos. E a trilha melhorou ainda mais a qualidade da obra.

algunsfilmes.blogspot.com

Tsu disse...

Oi Renato!
AHSASH olha não sei se conseguirei achar uma sereia...mas memso que achasse eu ia pagar muito caro no Sedex pra mandar ela pra vc!!! Vai ter que vir buscar ou pagar o frete kkkk.

Tsu disse...

Oi Renato.
AHSASH então arrume suas malas e vá atrás da sereia kkkkk. Mas cuidado pra não se afogar!
bjs