O Quarto do Pânico


O Quarto do Pânico - Depois de "Clube da Luta" e "Seven" era praticamente impossível que David Fincher ("Zodíaco") não decepcionasse os fãs. Afinal, após apresentar ao mundo filmes explosivos, corrosivos e inovadores como as obras citadas era impossível que o público aceitasse um filme apenas muito bom do diretor. Cinéfilo que se presa tem sede por inovação, ousadia e criatividade, como fazer ele aceitar obras "menores"? E, infelizmente, a verdade é que "O Quarto do Pânico" não fez o sucesso merecido.


Porém, discordando da grande maioria, entendo que o longa-metragem, estrelado por Jodie Foster ("O Silêncio dos Inocentes"), merece mais elogios e aplausos do que críticas negativas. Se o diretor da obra fosse outro, acho que o filme teria feito grande repercussão.


Os elogios começam pelo roteiro: se a narrativa não chega realmente a ser tão impactante quanto as obras anteriores do cineasta, é um roteiro que foge do convencional. Ao ter praticamente toda ação passada em uma única casa, o filme apresenta certa ousadia o que me fez lembrar, vagamente, de "Por um Fio", que se passa em uma cabine telefônica. Ao mostrar o quarto do pânico, não tão raro nos Estados Unidos, pelo lado opressivo e angustiante somos levados a um mundo terrível, sinistro e opressivo. O cenário tenso, onde medo, raiva e coragem se misturam é reapresentação da vida de cada um de nós.


Mas, não se enganem, existem pequenas doses de violência física. Muita agressão psicológica e ai esta o maior charme da película. A tensão psíquica.


A fotografia também se sobressai e serve como ótima ferramenta para o diretor brincar com a pressão e a angústia dos claustrofóbicos.


Outro ponto que fez com que eu apreciasse o filme foi a adequada participação de Kristen Jaymes Stewart ("Saga Crepúsculo". Isso sem esquecer da boa atuação de Jodie Foster, Jared Leto ("Alexandre, o Grande") e Forrrest Whitaker ("Traídos pelo Destino"). A sempre segura de Fincher suga ótimas interpretações dos atores.


"O Quarto do Pânico" é um filme "menor" do diretor como alguns alegam. Contudo, quando essa diminuição passa pelo talento de Fincher é impossível não se tirar uma ótima obra cinematográfica.


A cena final onde o longa-metragem, escorrega no minuto final para uma pequena redenção foi o único detalhe negativo. Mas, isso não quer dizer que a obra não mereça uma visita.


Crie coragem e entre no quarto..........sem pânico.


Recomendo que façam uma visita ao site: http://toligado1.blogspot.com/




Sinopse - Meg Altman (Jodie Foster) é uma mulher recém-separada que é surpreendida com a invasão de sua casa por três homens estranhos. Logo ela e sua filha Sarah (Kristen Stewart) vão para um quarto secreto, construído especialmente para situações de emergência. De dentro do quarto Meg espiona o que está ocorrendo em sua casa através de um circuito fechado de tv, mas logo ela passa a frequentar pequenos problemas dentro e fora de seu refúgio, principalmente porque aquilo que os homens estão procurando está justamente no quarto onde Meg e Sarah estão.


Filme: 4 pipocas


1 pipoca - péssimo
2 pipocas - ruim
3 pipocas - regular
4 pipocas - bom
5 pipocas - imperdível






29 comentários:

Cristiano Contreiras disse...

Filmaço, muito bem feito e executado, de ótimas atuações de Foster e Stewart, aqui ainda menina. Gosto de Leto nele, é um ator subestimado por todos, e Forrrest Whitaker faz um personagem misterioso e que, ao fim, é o que mais importa. Quem viu sabe.

Adoro o apuro técnico deste filme, a tensão constante que aumenta na meia hora final. Aposto que daqui a 20 anos esse filme será cultuado, aguarde!

Abraço

! Marcelo Cândido ! disse...

Ainda não vi esse filme, mas deve ter aquele suspense que prende você na cadeira... hehe
!

Amanda Aouad disse...

Nunca me instigou mesmo, mas depois do seu texto vou ver se dou um crédito ao filme.

bjs

leandroaleixo disse...

Opa..este filme e muito bom!!
Suspense otimo..adoroo!!!Vou postar dele qualquer dia desses..vwllwlw!

Rafael W. disse...

Apenas um bom suspense. Não é nenhuma maravilha, mas também não faz feio.

http://cinelupinha.blogspot.com/

Gabriel Neves disse...

Comprei esse filme há uns 3 dias, acho que vê-lo daqui a pouco. E teu ótimo texto atiçou minha curiosidade, por mais que não tenha me dado tanta expectativa.
Abraços!

Jacques disse...

É um filme interessante, bem executado e com ótimas interpretações.
Bem que a Kristen Stewart podia voltar a fazer filmes...

renatocinema disse...

Disse tudo....a atriz anda fazendo filmes muito comerciais.

Precisa fazer filmes como "Natureza Selvagem" novamente. Produções alternativas e ousadas para um ator.

Isso fará ela crescer muito.

Como fez Leonardo DiCaprio, Natalie Portman e outros grandes atores da nova safra.

Patrícia ♥ disse...

adorei aqui!!

estou seguindo..
retribui??

beijos

http://momentosdapathy.blogspot.com
http://pathyoliver.blogspot.com

Fábio Ochôa disse...

Este eu vi no cinema, acho até hoje um baita filme.
Parece um filme que Fincher fez mais pelo malabarismo do filme-em-um-só-ambiente, pena que ele foi feito logo após Clube da Luta e malhado feito Judas pela crítica.

Pena. Filme menor do David Fincher é uma coisa. Filme ruim é outra completamente diferente.

Aliás, olhando em retrocesso, os anos 90 deixaram uma ótima turma de diretores, comparáveis com os clássicos... David Fincher, Sam Mendes, Bryan Singer, Frank Darabont, Chris Nolan, todos de linguagem clássica e pegada fortíssima.
Sorte a nossa, que estamos vendo vários clássicos do cinema surgirem em tempo real.

Abraços

Ronaldo disse...

realmente é um bom filme, e sem panico para entrar no quarto depois

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Grande filme. Com sensacional atuação de Foster.
Cumprimentos cinéfilos!

O Falcão Maltês

Fábio Henrique Carmo disse...

Eu adoro quando grandes diretores se prestam a fazer filmes com pretensões mais modestas. Foi o que aconteceu com Spielberg com "Prenda-me Se For Capaz" e Ficher neste exemplar. Duas obras que mostram que "menos" pode ser "mais". Abraço!

Adriana Vargas de Aguiar disse...

Oi moço...
Estou tão feliz com suas visitas constantes por lá, como se já fizesse parte de nossa família, rs.
Então, estou revisando um livro com a cara desse filme meninoooo, essa noite tive até que dormir com alguém, acredita que tive medo? kkkkkk
Lembrando que temos uma enquete maluca la no blog, uma espécie de ginacana, e nós autores, apostamos um prêmio entre nós para quem ganhasse, e eu, rsss, convido a você para votar em meu humilde livro e amado o voo da estirpe, tá? Dia 10 tem sorteio!
bjs e bjs

Tsu disse...

Oi Renato.
Sempre deixei essefilme passar..masagora quesoube queJared Letto está no elenco..irei ver!

Eu recomendo que você assista ao anime Monster. Notando seu gosto por filmes, tenho certeza que a obra irá agradar.
Abraços e uma ótima semana!

http://www.empadinhafrita.blogspot.com

leandroaleixo disse...

Esperando voce atualizar...eu adorei todos.aquelas armadilhas sao perfeitas..vlwlwlw!

Paulinha Leite disse...

Sou fa de filmes de suspense e terror!!! Este ja esta em minha lista.
Uma maravilhosa semana pra vc, transbordando sorrisos.

Luna Sanchez disse...

Esse eu ainda não assisti.

Meu mais recente foi "Caso 39", com a Renée Zellweger, para o qual eu daria "4 pipocas" de acordo com o teu sistema de avaliação...rs

Um beijo.

Rosane Marega disse...

E eu estava MORRENDO de saudades do carinho seu viu.
BeijoOOOOO

E quanto ao filme, eu adorei assisti-lo. Otima dica

Kivia Nascentes disse...

Esse filme é dasantiga!
Vi ele acho que no "tela quente" haha anos atrás. Engraçado que tem aquele cantor do 30 seconds to mars, gosto muito dele como ator, mas odeio a banda dele, haha.

esse filme é legal, mas está longe de ser um dos favoritos.

beijos!

Adriana Vargas de Aguiar disse...

Olá!!!!
Bom estar por aqui!
Adorei este filme! Muito legal, assisti e recomendo.
Renato, lembrando as novidades do clube dos novos autores; o sorteio será feito se baseando nos comentários; o número de comentários que fez, será o número de vezes que seu nome estará no sorteio. Indique nosso cantinho , e se for contemplado no sorteio, seu indicado ganha junto com você, ou vice-versa!

Estou adorando as suas visitas.

Thiago Priess Valiati disse...

Grande post, grande blog.
Você escreve muito bem!
Adicionei seu blog ao meu blog. Faz o mesmo?
Agradeço desde já!
Abraços!

Jesse Zynel disse...

Gostei do seu blog. Já vi todos os filmes de David Fischer. Seven é um dos meus preferidos, por trazer uma história interessante e original e as atuações dos atores principais são marcantes. O Quarto do panico também é muito bom e não teria graça sem a presença da sempre marcante Jodie Foster, minha atriz favorita. Abraços!

Paulinha Leite disse...

Amigo, adorei o teu comentario filosofico... rsrsrs
Mas acredito sim, que existam verdades puras! Senao o mundo seria hipocrita demais.
Abracossssss

Thiago Priess Valiati disse...

Muito obrigado amigo!
Adicionei o seu blog lá!
Abs

Tsu disse...

Oi Renato!
Claro que pode chamar-me de amiga \o/
Opa, quando você fizer o cosplay de Coringa, lógico que colocarei a foto! E trate de ir com este

cosplay em um evento!
bjs
http://www.empadinhafrita.blogspot.com

BLOG DE POESIAS DO PROFEX disse...

Já vi e gostei.
Curtindo suas resenhas, por sinal muito bem elaboradas.
Parabéns!

Paulinha Leite disse...

Um dia cheio de sorrisos largos pra vc amigo!

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Estou pensando em escrever sobre a Jodie Foster, essa grande atriz.

O Falcão Maltês