TRAPAÇA





Trapaça - Minha vida deu uma girada de 1000% nos últimos meses. Mudei de emprego, tive dois contos publicados e terminei minha licenciatura em História. Nesse vendaval de mudanças o meu blog, infelizmente, acabou sendo obrigado a ficar um pouco de lado. Mas, como todo pai gosta de um filho (considero sempre meu blog meu herdeiro) resolvi, ou melhor consegui arrumar um tempo, mesmo que pequeno, para publicar e voltar a escrever sobre cinema. Sei que esse filme não é "lançamento" e muito se valou sobre a obra. Porém, cada um tem um olhar e esse é o meu.................


Para o retorno resolvi escolher o belo filme "Trapaça", estrelado, magistralmente diga-se de passagem, por Christian Bale ("O Império do Sol). O longa possui um roteiro que apesar de falar sobre vigaristas e malandragem, resolve, de forma inteligente, não ser mais uma obra a apelar para a reviravolta do roteiro. Depois de O Sexto Sentido, todo filme parece querer pegar o público de calça curta, o que é uma grande bobagem. A trama não possuir grande reviravolta e se manter fiel ao conceito desde o início é seu grande destaque.






"Trapaça" coloca o público firme na cadeira ou na poltrona, como foi o meu caso, por possuir uma trama que nos deixa impactado ao detectar que aqui não existe nenhum santo. Todos personagens não são nem Anjos, nem totalmente demônios. E essa "humanidade" de todos me trouxe uma ótima reflexão sobre a obra. As histórias atuais sempre são cheias de heróis ou vilões. Raros são as obras que se desafiam e resolver afrontar esse premissa......"Trapaça" é uma delas. Aqui todos são bons e ruins. Mesclando clima policial, com bom humor, pitadas de romance, o longa joga tudo isso num liquidificador que trava o público para saber o desfecho de cada personagem.


O elenco está primoroso e afiado. Christian Bale, Bradey Cooper, Jeremy Renner , Ady Adams e Jennifer Lawrence dão show em cada papel. Se isso fosse pouco ainda tem a participação especial de meu ídolo Robert De Niro.
A trilha é boa e também me agradou muito. O clima nostálgico e o ritmo narrativo, me fez lembrar filmes da década de 70 e isso é um enorme elogio. Talvez o melhor que eu possa fazer. 






Sinopse - Trapaça conta a história do malandro Irving Rosenfeld (Christian Bale), que, junto com sua sócia e amante Sydney Prosser (Amy Adamns), são forçados a colaborar com um agente do FBI. Ao mesmo tempo o trio também se envolve na política do país. Tudo parece ocorrer bem até que a esposa de Irving decide mudar as  regras do jogo.

Filme 4 pipocas

1 pipoca - péssimo

2 pipocas - ruim

3 pipocas - razoável/regular

4 pipocas - bom

5 pipocas - ótimo


12 comentários:

Stella Daudt disse...

Parabéns pela publicação dos contos e pela licenciatura em História, Renato! Muito bem escolhido o filme para seu retorno, "Trapaça" é um belo exemplar do cinema atual!

! Marcelo Cândido ! disse...

Um filme divertido, mas que tem uma certa duração prolongada, mesmo assim o quinteto de personagens agradam, boa direção do competente Russell!

! Marcelo Cândido ! disse...

Um filme divertido, mas que tem uma certa duração prolongada, mesmo assim o quinteto de personagens agradam, boa direção do competente Russell!

Amanda Aouad disse...

Parabéns pelas vitórias, amigo. E é bom lê-lo novamente por aqui...

Quanto ao filme, tendo a discordar, não me encantou, apesar do bom elenco em boas interpretações. Algo me soa falso nessa estética que lembra Scorsese. Talvez, tenha esperado demais do filme após tantas indicações e premiações. Mas, realmente, não me encantou.

bjs

renatocinema disse...

Amanda querida. Essa discordância é o maior charme da arte.

Abraços

Três que não dá um disse...

Ótimo texto Renato!
Queria ter visto o filme quando saiu nos cinemas, mas infelizmente a oportunidade passou. Verei assim que possível!

Parabéns pelo blog!

Grande abraço!

- André Betioli

Iza disse...

Parabéns pela licenciatura e pelos contos!!! Não assisti o filme, mas o que me chamou a atenção nele foi o figurino...adoro essa vibe anos 70.
Valeu pela indicação :)
Abraços <3

P.S.:Assisti Thelma e Louise e A-M-E-I! (Tanto que assisti outra vez).

Kahlil Appel disse...

Gostei bastante, mas não merecia todo esse alarde.

http://filme-do-dia.blogspot.com.br/

Tô Ligado disse...

Tirando o Cooper, tds os outros fizeram filmes de super heróis. rssrsr

Estou louco pra ver esse filme...
Ficamos felizes com sua volta.

Abraços!

ANTONIO NAHUD disse...

Olá, amigo, O FALCÃO MALTÊS está de volta ao antigo espaço/ blog.
Vamos voltar a trocar ideias cinéfilas?
Abraços
http://ofalcaomaltes.blogspot.com.br/

Kahlil Appel disse...

Um dos filmes mais divertidos do ano passado. Uma emulação da direção de Martin Scorsese, mas uma boa emulação.

http://filme-do-dia.blogspot.com.br/

Maria Gabriela disse...

Ótima resenha, vou procurar para assistir!