De Pernas Pro Ar 2

Foto Divulgação



De Pernas Pro Ar 2 - Não sou grande fã de comédias românticas e menos ainda de continuações. O primeiro "De Pernas Pro Ar" pegou o grande público de calça curta e com boas piadas e novidades na construção do tema funcionou bem nas telas do cinema, fazendo enorme sucesso. Uma continuação era previsível e "perigosa".



Se for para ser romântico que tenha criatividade ou seja trágico, esse é meu lema. Prefiro obras como "Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças" (imperdível) ou "Uma Janela Para o Céu" (trágico e real). Não sou fã do ato de colocar açúcar no cinema. Entendo que é fundamental possuir conteúdo, mensagem ou simbolismo. Ou seja, algo diferente.

 
 
 
"De Pernas Pro Ar 2"  não tem o frescor da trama original, possui diversos clichês cinematográficos e as piadas não funcionam com o frescor como seu antecessor. Sabemos o final, romântico e meloso, desde o primeiro minuto de projeção; damos risadas das mesmas bobagens e nada de impactante surge na tela. Porém, para os apreciadores do genêro comédia romântica previsível e para passar o tempo, essa produção, novamente estrelada por Ingrid Guimarães, agrada.
 
 
 
Meus destaques positivos ficam com a trilha sonora, com boas canções estrangeiras e a participação, curta e especial de Rodrigo Sant'anna, em ótima cena dentro de um restaurante.
 
 
 
 
Ouvi crítica negativas tão grandes sobre o filme que me vi obrigado a assistir a obra apenas por pressão matrimonial. Entretanto o resultado final, a meu ver, acabou sendo um pouco melhor do que o  razoável. Quem assiste sem pretensões......se diverte. Mesmo que  o "sex shop cinematográfico" nesse caso não nos apresente nenhum brinquedo acima da média para nos divertir.
 
 



Foto Divulgação


 




Sinopse - Em De Pernas Pro Ar 2, Alice (Ingrid Guimarães) aparece mais rica e poderosa, resultado do sucesso do Sexy Delícia. Entretanto, manter-se no topo causa mais estresse e ansiedade do que chegar até ele. Ela está com cada vez menos tempo pro marido, para o filho adolescente e pra si mesma. E agora? Será que o casamento vai suportar a pressão?


Filme: 3 pipocas - razoável/ regular


Filme sobre minha expectativa: 3,5 pipocas
 



1 pipoca - péssimo

2 pipocas - ruim

3 pipocas - razoável/regular

4 pipocas - bom

5 pipocas - ótimo

14 comentários:

Amanda Aouad disse...

É, o filme é menos corajoso que o primeiro, digamos, cai mesmo no clichê. Mas, ainda assim, diverte. Também não é dos meus preferidos, mas pelo menos é bem feito. hehe.

bjs

Guilherme Z. disse...

Esse segundo filme eu não assisti ainda, mas adorei o primeiro. Achei divertido e leve, apesar da temática ser tentadora para um diretor seguir o caminho mais fácil e realizar um filme pautado em cima de piadas sem graça e apelativas em torno do universo sexual. Se for pelo menos metade tão bom quanto o anterior já valerá a pena. Abs

http://acervodocinema.blogspot.com

! Marcelo Cândido ! disse...

O filme é entretenimento puro, um filme nacional, e um dos únicos que pretendo ver é A Busca com o Wagner Moura.

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

três pipocas? você foi bonzinho. cumprimentos cinéfilos, caro amigo.

O Falcão Maltês

Iza disse...

Também não sou fã de comédias românticas. Mas, De Pernas Pro Ar, o primeiro, eu gostei, achei divertido. Ainda não assisti a continuação, mas vou tentar assistir. Baita semana pra ti <3

Celo Silva disse...

Não assisti nem o primeiro. E nem se assistirei esse. Não por preconceito, mas por falta de interesse em comédias em geral. Abração.

quaresma. disse...

eu gostei do filme, tenho essa mania de gostar do que o povo não gosta '-'

beijas, eterno! (sim, eu ainda me lembro)

Por que você faz poema? disse...

Não tem matrimônio que me leve a uma sessão dessas, prefiro o divórcio.

renatocinema disse...

kkkkk. Deveria ter pensando nisso. kkkk

Tsu disse...


Oi Renato ^^
Ah eu também sei sobre a verdade dos contos de fadas..tem versões que nos deixariam, literalmente, traumatizados rs.
bjs

Fábio Henrique Carmo disse...

Bom, eu nem vi o primeiro, logo o segundo está descartado (talvez quando um dia eu assistir ao primeiro).

Abraço!

Marcelo keiser disse...

Assisti ao primeiro, e até gostei do resultado, porém, não o suficiente que me fizesse acompanhar essa sequencia com alguma curiosidade. Um dia de graça na televisão... quem sabe, e olha lá...

abraço

marcelokeiser.blogspot.com.br

Adécio Moreira Jr. disse...

Pra mim, é o típico filme "não vi e não gostei".

Anônimo disse...

A pressão matrimonial foi minha, mas para deixa meu marido um pouco contente concordo com ele que o filme tem um final previsível. Que bom que tenho um marido que faz algumas exceções, não é a toa que estamos casados a 9 anos e felizes.

Sonia Alves