Billi Pig





Billi Pig - Aleluia as minhas férias, na faculdade começaram e nada como uma comédia para iniciar meus filmes do período. Um amigo, não muito apaixonado por cinema, me disse que dormiu com vinte minutos do filme por ter achado, nas palavras dele: "insano", "sem graça", "besteirol", entre outros termos pejorativos. Mas, resolvi arriscar. Afina......a vida é um risco e numa produção tudo pode acontecer.

Serei o mais sincero possível em meu comentário sobre o filme "Billi Pig" de José Eduardo Belmonte. Assisti essa produção, sem gostar de nada do que foi apresentado no trailer do filme. Resolvi encarar o longa-metragem unicamente pela presença de Selton Mello ("O Palhaço"), ou seja, minha expectativa era praticamente zero. Pois entre acerto e erros no longa-metragem achei o saldo positivo.


Longe, e coloca longe nisso, de ser  um marco da atual safra do cinema nacional, essa comédia faz aqui um clara homenagem as chanchadas, possui alguns momentos divertidos e que cativa o público que esta a fim de filmes apenas por entretenimento. Dentro de sua proposta de humor leve somos apresentados a  personagens (alguns com cara de Pedro Almodóvar) carismáticos e insanos. Entre eles estão o "bom" malandro, a moça linda que sonha com sucesso, o traficante de drogas que amolece após tragédia e o padre "picareta". Somando isso tudo no liquidificador e abrindo a mente para uma história pouco convencional, aos dias de hoje, o resultado sai ainda mais atraente. 


O inicio é mais maluco do que "Cão Andaluz", porém, quando o filme engrena e pega um rumo, mesmo que tortuoso e fica no caminho certo do deboche, o longa ganha alma, mesmo que seja uma doida, com cara de filme dos anos 80.  É como um hippie indo a Trindade num feriado de finados. kkk


O roteiro, com leves pitadas de surrealismo (porco que fala, milagres, entre outras viagens cinematográficas) é merecedor de elogios por não se levar a sério. A trama faz diversas homenagens as chanchadas, a comédia de erros, de certa forma ao humor ralé. 


Grazi Massafera, como garota do interior linda, gostosa e meio burra, faz uma bela participação, não deixando Selton Mello sozinho ou abandonado na tela.  O astro de "O Auto da Compadecida", como sempre, foi bem em sua atuação. Dessa vez num papel de bom malandro. Milton Gonçalvez como padre milagreiro também é outro alicerce da produção. 


Porém, as falhas da obra de Belmonte também são vistas claramente pelo público. Os pontos que mais me desagradaram foram:


1º - a participação secundária do bom ator Tadeu Mello ("Lisbela e o Prisioneiro" ). Ele demonstrou enorme talento em outros trabalhos de humor e entendo que sua participação deveria ser mais bem explorada. Mesmo que continuasse com pouco tempo em tela;

2º - A história paralela da funerária - foco na Preta Gil - destoa, claramente das outras pontas do roteiro. Tive a sensação de que essa parte da trama foi criada apenas para a participação de Preta Gil, nada mais justifica essa pequena parte do roteiro.


Dito tudo isso dou o seguinte conselho: se você for fã de Selton Mello ou quiser apenas dar umas leves risadas, assista  "Billi Pig". Apertando o play de coração aberto a diversão será bem razoável e até certo ponto agradável.


Sinopse - Marivalda sonha ser atriz e Wanderley é um corretor de seguros falido. Ela rotineiramente sonha com Billi, um porco de plástico que guarda desde a infância, até que um dia passa a conversar com ele. Em suas conversas com a dona, Billi a pressiona a largar Wanderley, alegando que ele não consegue lhe dar o luxo que merece.
Marivalda resolve dar um ultimato ao marido, que fica desesperado em busca de algo que possa manter  o casamento. Quando Tenório, o braço direito do traficante Boca, procura o padre Roberval, Wanderley tem uma grande ideia . Ele elabora um plano com o padre, que tem fama de milagreiro, para que possam enganar Boca, que está desesperado em busca de alguém que consiga fazer com que sua filha saia do coma.

3 pipocas - razoável / regular

1 - pipoca - péssimo

2 - pipocas - ruim

3 - pipocas - razoável/regular

4 - pipocas - bom

5 - pipocas - ótimo





23 comentários:

Fábio Henrique Carmo disse...

Imagino que deva ser aquele típico filme "bonzinho", que não ofende, mas também não acrescenta. E tem certeza que foi só a presença de Selton Melo que o levou a ver o filme? A Grazi não teve nada a ver com isso? Abraço!

Celo Silva disse...

Tenho curiosidade de assistir esse filme, principalmente por ter ouvido falar que guardaa semelhanças com as saudosas chanchadas.

Gilberto Carlos disse...

Adoro as comédias nacionais, bem como Selton Mello. Quero ver logo Billi Pig.

Amanda Aouad disse...

Até entendo a referência as chanchadas, concordo que Grazi consegue defender bem a personagem, mas esse filme me irritou um pouco, acho que algo ali não anda, não se desenvolve, e a trama força a barra várias vezes.

Gostei dos créditos com erros de gravação, hehe.

abraços

Gabriel França disse...

quero ver!!

http://monteolimpoblog.blogspot.com.br/

! Marcelo Cândido ! disse...

Mas O Palhaço é sensacional, desses filmes nacionais preciso ver o Assalto ao Banco Central

Shizu disse...

já tinha ouvido falar desse filme, tenho vontade de assistir ^^

http://himi-tsu.blogspot.com.br/

MOISÉS POETA disse...

Grazi Massafera e Preta Gil ?
acho que não vou arriscar...rsrsrsrsr

Tenho que assistir alguns filmes que ficaram para trás , entre eles ¨ palhaço¨ . dizem que é bom .

Um grande abraço , Renato !

Alan Raspante disse...

Não tenho muita vontade de conferir não, sabe? Talvez até veja, mas se rolar uma oportunidade de pegar na televisão e etc, rs

Rodrigo Mendes disse...

Um filme desnecessário e nem sei porque eu fui revê-lo.

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Não me parece interessante, mas como fã de carteirinha de Selton vou vê-lo...

O Falcão Maltês

Aymée Meira disse...

hmmm, não conhecia o filme, mas tb não é o tipo de filme que me agrada.
;x
beijos
amy - Macchiato

Rosane Marega disse...

Um beijoOOOOOOOOOOOOOO bem grandão!

Júlio Pereira disse...

Desculpe-me Renato, mas nem com seu texto fiquei com vontade de ver este filme. Não fiquei nem um pouco interessado, todos meus amigos o detonaram. Enfim, não posso julgar antes de ver, mas Selton Mello podia selecionar melhor seus papéis, né. E, pow, não sacaneia, mas insano que Um Cão Andaluz? Impossível! hahaha

Tsu disse...

bjs
Renato...assista ao clipe de Kombi Branca...será algo inesquecível kkkkk.
Sobre o filme..eu não botei fé justamente por ter a Preta Gil e pelo que disse, provou que ela só está na midia por conta da influencia do pai u.u Ela é ruim como atriz, como cantora e omo pessoa. Pronto, falei.

Marcos Rosa disse...

Ainda não assisti este filme exatamente por pre-conceito, espero que depois do seu comentário consiga desfazer esta imagem negativa e finalmente assista o longa.

BrunaReis disse...

Bá, eu só ouvi falar mal desse filme hehehe. Mas eu acho que os brasileiros já esperam algo com um pouco mais, ou melhor, muito mais realidade hahaha por isso essa estranheza toda com uma comédia surrealista.
Quem sabe eu assista um dia. O problema é que tenho muitos filmes ditos bons pra assistir e pouco tempo, então estes mal falados vão ficando sempre pra depois XD


Beijos
Bruna Reis
http://desbravandohistorias.com.br

Isabela Farias disse...

Adorei o seu blog também!!! claro que já estou seguindo :). Me add no face!
Abraços

Isabela Farias disse...

Adorei o seu blog. Estou te seguindo também. Me add no facebook! bj

quaresma. disse...

esse é aquele tipo de filme que eu vejo o trailer e digo 'quero ver', mas daí o tempo passa e eu esqueço '-'
hehe

beijas, eterno! ;*

J. BRUNO disse...

Não estou nem um pouco ansioso para vê-lo, o farei apenas se for mesmo por força do acaso. Já tenho me decepcionado bastante com filmes nacionais do gênero. Gostei da sua crítica, mas não sei se os pontos positivos que você destacou seriam capazes desfazer a opinião (preconceituosa, diga-se de passagem) que eu já fiz do filme...

Forte abraço Renato!

http://sublimeirrealidade.blogspot.com.br/2012/06/as-bicicletas-de-belleville.html

Película Criativa disse...

Ainda não assisti e nem sei se pretendo. Já estou cansada de ver Selton Mello no cinema, ele está em quase todos os filmes.

Visite também: http://www.peliculacriativa.blogspot.com.br/

Rubi disse...

Quando passo pelo teu blog, tenho a nítida impressão de que não conheço quase nada do cinema nacional (principalmente as produções mais recentes). Mais uma dica anotada!