Amor & Outras Drogas



Amor e Outras Drogas – Em primeiro lugar, gostaria de pedir desculpas aos amigos pela ausência na última semana. Devido a uma pequena cirurgia fui obrigado, pelos médicos, a ficar afastado do mundo virtual. Meu blog e os sites dos amigos, que tanto aprecio e me ajudam, foram colocados de lado, por alguns dias.




Para comemorar meu retorno escolhi um filme light, água com açúcar, e muito saboroso: "Amor & Outras Drogas". A grande verdade é que adorei a trama e acredito que tenha visto na semana certa, para o meu coração e minhas expectativas.



Assisti a essa produção esperando uma comédia romântica simples, que me emocionasse e que me garantisse diversão durante pouco mais de uma hora e trinta minutos. Pois foi exatamente o que consegui com essa história. O grande público não pede que todos os filmes sejam acima da média e que respondam questões filosóficas ou relevantes. Em certos momentos precisamos apenas relaxar e gozar...., com o perdão da palavra.




Essa película possui: narrativa charmosa (que brinca levemente com o surgimento do Viagra), personagens que atraem a plateia e desfecho agradável para o grande público. O que mais pedir de um filme que não tem pretensão de mudar a história do cinema? Nada. Somente pipocas doces.




Outro ponto positivo do filme e que nos leva ao clima de nostalgia é a trilha sonora. Bebendo na fonte da década de 90 é imperdível.





Jake Gyllenhaal ("O Segredo de Brokeback Mountain") e Anne Hathaway (presente no aguardado "Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge") fizeram uma ótima dupla, funcionando perfeitamente como par romântico. Entendo que tem sido difícil para o cinema combinarem boas duplas amorosas. Sempre falta algo para um lado ou para o outro. Aqui não. O casal se completa e se combina de forma magistral.




Um outro site (do qual gosto muito) definiu esse longa-metragem como: "desfecho fantasioso, e um dos mais piegas do cinema romântico dos últimos tempos". Pergunto: Existe algo mais charmoso, numa semana pesada e conturbada do que nos deliciarmos com um roteiro bem piegas e fantasioso? Meu coração diz que não. Então sejamos felizes.



Óbvio que o roteiro poderia ter sido mais criativo, ousado ou contestador, principalmente na questão farmacêutica. Porém, aqui não era essa a intenção. Aqui a ideia principal era agradar aos corações que não gostam de se apaixonar, mas, que quando percebem que estão amando.........se entregam de corpo e alma. Os individualistas, egoístas e insensíveis aqui percebem que também podem se apaixonar.



Semana que vem procuro algum filme cabeça de David Fincher ou David Lynch, hoje preciso é relaxar........nada mais.



Dedico esse texto ao site: http://apimentario.blogspot.com/. Site imperdível e de grande conteúdo cinematográfico.




Sinopse - Jamie (Jake Gyllenhaal) é um vendedor que trabalha no cruel universo farmacêutico e usa seu charme tanto no trabalho quanto com as mulheres para se dar bem. Enquanto tenta bater o recorde de maior número de vendas, ele cruza seu caminho com Maggie (Anne Hathaway), uma mulher de espírito livre que não quer se prender a ninguém. A evolução no relacionamento deles faz com que eles descubram que existe algo mais forte que a força de um remédio: O AMOR.



Filme: 4 pipocas – bom



1 pipoca – péssimo

2 pipocas – ruim

3 pipocas – razóavel/regular

4 pipocas – bom

5 pipocas – imperdível

28 comentários:

Fábio Henrique Carmo disse...

Aí, Renato! Bem-vindo de volta e boa recuperação pra você! Saúde e muitos filmes! Grande abraço!

Luna Sanchez disse...

Que bom que está de volta.

Já namorei esse filme na locadora mas acabei levando outro pra casa. Vou assistí-lo em breve.

Um beijo.

Cristiano Contreiras disse...

Finalmente de volta, amigo! Fico feliz que estás na ativa, novamente.

Obrigado por me mencionar e indicar este post a mim, hehe! Fico feliz mesmo!

Eu gosto de "Amor e Outras Drogas". É eficiente, tem uma quimica evidente de Jake com a Anne e o filme não é bobo, como alguns críticos disseram na época do lançamento. É um filme sexy, tem a dose certa de humor e o teor dramático por conta da doença da personagem.

Eu gosto muito, comprei ele recentemente nas Americanas por 12,90! rs!

Ótimo post! Abraço

Jacques disse...

Não vi este filme, valeu a dica, Renato.
Se depender do apoio dos amigos, vejo que irás se recuperar logo.
Abraço.

! Marcelo Cândido ! disse...

Eu vi e gostei em partes, o drama poderia ter sido mais destacado mas merece aplausos no final, para quem quer ver a beleza da protagonista pode ser delicioso tbm!!!

Renato Hemesath disse...

Oi Renato!
Espero que estejas melhor! ;)

Muito bem vindo teu comentário sobre este filme. Fiquei com vontade de vê-lo quando estava em cartaz e acabei não indo. Concordo quando tu diz a respeito de filmes para determinadas situações, também sou adepto a gêneros que não respondem questões filosóficas.

Um abraço,

Boa semana!

Glitz disse...

Renato, que bom esteja de volta, estava sentindo sua falta. Agora, "água com açucar" é dose de glicose em demasia para qualquer fã de cinema, e filme cabeça de David Fincher, lamento discordar, nao existe. E pra finalizar, Apimentário fazendo propaganda das Lojas Americanas. Espero coisa melhor na proxima semana.

Wally disse...

Também me liguei nesse clima meio anos 90 dessa comédia, talvez teria funcionado melhor lá atrás. Achei apenas ok, com destaque óbvio para os atores.

MOISÉS POETA disse...

Renato, meu velho !

Espero que sua saúde esteja sob controle . e vou torcer para sua plena recuperação. não sou muito chegado em comédias . mas as vezes assisto para relaxar. a ultima que assisti foi: ¨SE BEBER NÃO CASE¨ . vou seguir sua dica e vou assisir a esse filme da postagem. um grande abraço , Renato ! cuide-se bem ai !

Hugo disse...

Estou com este filme em casa para conferir.

Abraço

Amandio disse...

Bem vindo ao clube dos novos autores e parabens abraço!
Amandio Sales

renatocinema disse...

Meu amigo Glitz.

A graça da arte é discordar e cada um ter sua visão.


Tem gente que adora glicose.....é questão pessoal. Eu não sou sempre fã. Mas, depois de uma cirurgia, me fez bem um filme bem "água com açúcar".

Adoro Fincher e entendo que ele é realmente um diretor diferente e "cabeça". Mas, opinião pessoal.

Sobre o apimentário....se ele não está recebendo propaganda, o que tenho certeza que não ocorre, foi apenas forma de falar, o que é tranquilo e saudável.

Abraços e semana que vem estou de volta.

Amanda Aouad disse...

Que bom que está de volta, amigo. Espero que esteja tudo bem mesmo com sua saúde.

Quanto ao filme gosto bastante. É gostoso de se ver, faz bem, ao mesmo tempo que nos diverte e mostra um pouco dos bastidores da guerra de remédios. Poderia ser mais profundo? Talvez, mas nem sei, pois quando ele começa a ficar sério, tratando da doença da protagonista, perde o ritmo.

E quanto ao piegas e fantasioso, bom, entra na questão do clichê que escrevi no post de domingo lá no blog. Dê uma lida.

bjs

cleber eldridge disse...

Acho que o problema com esse filme sou eu!

renatocinema disse...

Imagina Cleber. kkk.

O legal da arte e do cinema são termos opiniões divergentes sobre o mesmo assunto. Faz parte do charme. Abraços.

Rodrigo Mendes disse...

Um filme divertido para melhorar o astral nas horas de tédio. Nada mais. Alguns superestimam demais.Eu já vi mais de uma vez e percebi isso na revisão.
Abraço.

renatocinema disse...

Rodrigo........acho que foi feliz em sua visão: melhorar o astral nas horas de tédio.

Não podemos superestimar o filme.

É um bom filme e isso, as vezes, é muito saudável.

Abraços.

Gabriel Neves disse...

Que bom que está de volta, seus textos fazem falta.
Eu gostei bastante de Amor e Outras Drogas, a química funciona bem, o roteiro é bem clichê mas é divertido e não deixa o ritmo cair e ainda diverte. Confesso que a presença de Gyllenhaal influenciou no minha opinião final sobre o filme, mas ainda reconheço que é um bom filme.
Abração!

Paulinha Leite disse...

Seja bem vindo novamente amigo! Já assisti esse filme e amei! Um ótimo restinho de semana pra vc!

leandroaleixo disse...

Ainda nao vi este filme,mais pelo jeito para muito interessante..vou tentar ver para comentar..vlwlwlw!

maria elis. disse...

eu sou super fã desses filmes água-com-açúcar *-*
só nesse final de semana eu assisti 4 ._.
quero saber quando você vai dedicar um filme pra mim, pronto falei ;x

adevinha qual filme eu estou baixando?! sim, na 'natureza selvagem' - acho que tô pronta pra assisti-lo com outros olhos (?) (:

beijas, eterno ;*

GiovannaMoser disse...

Grande filme, recomendo.

Tsu disse...

Oi Renato.
Notei seu sumiço....espero que agora esteja tudo bem e vc possa voltar á ativa!
OHOHOH bom eu em contraparte prefiro os ocpslays masculinos kkkkk.
bjs

http://www.empadinhafrita.blogspot.com

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

É um filme muito simpático.
O Falcão Maltês

maria elis. disse...

lembra que eu estava devendo um testemunho sobre um filme?! então, tá aqui ó: http://quareesma.tumblr.com/post/10265702888/re-vendo

beijas, eterno ;*

BrunaReis disse...

Eu gosto também de vez em quando ver filmes mais light, que só distraiam mesmo. Estou muito curiosa pra ver este, também porque gosto do Jake.
Beijos querido
Bruna
http://desbravandohistorias.com.br

Marcos Rosa disse...

Meio insossa.
Você ainda deu 4 pipocas! Não achei tão bom assim, daria 3.

_____
http://www.algunsfilmes.blogspot.com/

renatocinema disse...

Marcos o charme do cinema, a meu ver, é a diferença de opiniões sobre o mesmo assunto.

Eu gostei do filme. Achei que mereceu as 4. Tudo depende da expectativa.
Abraços