Thor


Thor – Algumas questões relevantes que gostaria de esclarecer:


Primeiro: Apesar de anunciar que meu próximo filme seria “Reflexões de um Liquidificador”, que ficou para a próxima semana, em sinal de agradecimento a colega do site CinePipocaCult e a Sukita, que me conseguiram ingresso para o evento da Pré-estreia do filme “Thor”, tive obrigação moral de comentar sobre o novo longa-metragem da Marvel.


Segundo: Sou fã de quadrinhos e até hoje leio revistas diariamente. Alguns podem de chamar de nerd ou infantil, sinceramente, não ligo. Aprendi que na vida o que vale é ser feliz e sou muito afortunado lendo as tramas de Alan Moore e Frank Miller.


Terceiro: Sou relativamente “chato” com as adaptações de quadrinhos que são levadas ao cinema e que não respeitam a importância dos gibis no ajustamento entre obras tão diferentes. O conceito básico da revista em quadrinhos precisa ser levado a sério ou assistiremos uma bomba cinematográfica, como aconteceu diversas vezes. Obvio que o roteirista precisa apresentar o personagem a quem não acompanha Revistas em Quadrinhos. Mas, isso precisa ser feito de forma inteligente, não destrutiva ou depreciativa.


Quarto: Depois de assistir o filme percebi que a produção se dividiu e merece ser analisado em três partes separadamente.


1ª “Thor” começa com ação total em seus primeiros minutos (ótimas imagens visuais) apresentando ao público os principais personagens e mostrando os motivos que levaram o jovem Thor (rebelde e imaturo) a ser exilado de seu reino. Essa primeira parte do filme merece elogios pela força das cenas de ação, agilidade no ritmo da história e boa apresentação dos personagens. Uma mistura de filmes épicos com filmes de luta.


2ª Quando o guerreiro exilado chegado a Terra o roteiro (nessa parte especialmente artificial) escorrega, tornando o filme um pouco lento, juvenil e com um romance vulnerável e um pouco irreal. Na verdade o que atrapalha essa segunda parte é sua longa duração. Se fosse mais curta, talvez, funcionasse melhor e fosse mais atrativa.



3ª Na conclusão da trama, um pouco antes do retorno do herói a Asgard o filme recupera o folego, o ritmo e leva o público ao delírio com bastante ação, humor leve e ritmo alucinante de imagens. Essa parte, sem dúvida, é a melhor, em minha visão.



Anthony Hopkins (“O Silêncio dos Inocentes”) é sem dúvida o maior destaque do elenco, com atuação forte, inspirada e cativante. Natalie Portman (“Cisne Negro) até se empenha para fazer um bom trabalho. Porém, seu personagem é frágil e sem grande profundidade. Uma pena. Um pecado.



Meu destaque negativo do filme fica por conta da trilha sonora, totalmente apagada. Se em “Homem de Ferro” ela é vital e vibrante aqui passa praticamente sem ser notada. Uma falha imperdoável.


Dito tudo isso vou dizer o que achei de Thor no saldo final: é um bom filme. Divertimento puro, com boa dose de ação e fotografia cativante e encantadora. Uma boa opção para quem quer ir ao cinema se divertir, comer pipoca e se encantar com um bom entretenimento.


Dedicado a : http://www.cinepipocacult.com.br/


Sinopse - Thor (Chris Hemsworth) estava prestes a receber o comando de Asgard das mãos de seu pai Odin (Anthony Hopkins) quando forças inimigas quebraram um acordo de paz. Disposto a se vingar do ocorrido, o jovem guerreiro desobedece as ordens do rei e quase dá início a uma nova guerra entre os reinos. Enfurecido com a atitude do filho e herdeiro, Odin retira seus poderes e o expulsa para a Terra. Lá, Thor acaba conhecendo a cientista Jane Foster (Natalie Portman) e precisa recuperar seu martelo, enquanto seu irmão Loki (Tom Hiddleston) elabora um plano para assumir o poder. Mas os guerreiros do Deus do Trovão fazem a mesma viagem para buscar o amigo e impedir que isso aconteça. Só que eles não vieram sozinhos e o inimigo está presente para uma batalha que está apenas começando.


Primeira Parte do Filme: 4 pipocas

Segunda Parte do Filme: 3 pipocas

Terceira Parte do Filme: 4,5 pipocas


1 pipoca – péssimo
2 pipocas – ruim
3 pipocas – razóavel/regular
4 pipocas – bom
5 pipocas – imperdível

20 comentários:

Guará Matos disse...

Eu gostava muito da revista em quadrinho e do desenho animado so final da década de 1960 e início de 1970. Creio que verei o filme. Curto bastante o filho de Odin.

ABraços.

! Marcelo Cândido ! disse...

Não sou muito fã de quadrinhos mas tem muita coisa que é melhor ficar só nos gibis mesmo...

Cristiano Contreiras disse...

Eu vou ver essa semana, mas sem grande desespero, afinal não me instiga assim...talvez, pela presença de Natalie Portman mesmo.

abs

Rafael W. disse...

Eu não estava nem um pouco animado pra esse filme, mas sua critica me causou certa curiosidade. Ótimo texto!

http://cinelupinha.blogspot.com/

Ricardo Morgan disse...

To doido pra ver Thor! Seu comentário me animou ainda mais! Abraço

Kivia Nascentes disse...

Thor sempre foi meu herói favorito. Teve uma época que era viciada em mitologia nórdica e a primeira vez que Thor apareceu numa das histórias eu pensei: esse é o cara. Vi um trailer do filme com um garotinho e achei fantástico e fofo. Pretendo ver esse filme logo logo.

beijos.

Renata disse...

Olá Renata...novamente agradeço sua indicação e vou assistir ao filme.
Depois coloco minha opinião aqui,ok?
Abraços e obrigada.

Renata disse...

Olá...adorei a dica e estarei vendo em breve e comentando tá.
Beijosssss

Sonhos De Deus disse...

Amigo querido...
Que todos os dias quando você acordar...
receba dos Céus a bênção de ter
sempre por perto as pessoas que te amam...
Um final de semana com toda sorte de benção bjs!!!

MOISÉS POETA disse...

Renato, querido !

Apesar de estudar filosofia , e ler bastante livros , também gosto de ler quadrinhos. geralmente gosto das adaptações levadas ao cinema, me divirto bastante . so não gostei muito dos filmes do homem aranha(somente do primeiro filme)

vou assitir thor em breve . esperando me divertir bastante.

um grande abraço, renato !
sempre é otimo passar por aqui !

maria elis disse...

eu tô louca pra assistir esse filme e mais uma lista .-.
só que minha vida financeira não ajuda e eu não tenho amigos que me ofereçam ingressos. D:
mas, qualquer dia eu irei assistir - nem que seja em 'tela quente' ._.

(estava com saudade)

beijas, eterno :*

Carla Fernanda disse...

Bom dia!
Muito obrigada!
Ontem assisti Águas para elefantes.
Beijos,
Carla

Tô Ligado disse...

Estava sem saber como classificar o filme e vc a descreveu perfeitamente. Concordo em tudo... principalmente quanto a segunda parte ser muito longa e raza.

Rodrigo Mendes disse...

Pois é Renato estou querendo ver em Home Video e tbm como o Cristiano, mais pela Natalie Portman. Não leio esta HQ e sinceramente a impressão que eu tenho da fita é que ele é um "Mestres Do Universo do século XXI".
Nada contra a fita 80´s do He-men, mas é justamente pq não estamos mais no gostoso anos oitenta para um filme do gênero agradar.
Abs.
RODRIGO

Fábio Mariz disse...

E ai, gostei do blog e já estou seguindo, visite o nosso e seja um seguidor.

#ABRAÇOS !!

(http://www.marizmoda.blogspot.com)
@FabioMarizReal & @MarizModa

Nicolau Ponte Preta disse...

Eu fico com o do Liquidificador que é muito bom! Mas viva a pluralidade!Valeu!

Jacques disse...

O que dizem sobre este filme é que vale a pena pela diversão e pelo visual.
Detesto as críticas de quem nunca leu uma hq na vida, os caras ignoram histórias absolutamente geniais como Transmetropolitan, Sandman, Ex Machina e Fábulas e ainda acham que podem te ensinar alguma coisa.
Até parece.
Valeu.

JhonSiller disse...

Eu to muito querendo ver esse filme

Emmanuela disse...

Já vi "Thor" duas vezes no cinema, gostaria de estar por dentro dos quandrinhos porquei fiquei encantada. E NÃO! Você não é infantil por gostar de comics. Um abraço!

Equipe Cinema Detalhado disse...

Acho que resumiria o filme em 4 premios, gostei demais e me animei muito para com Os Vingadores!