Acusados




Acusados – Tratar do assunto estupro sempre é complicado, pesado e emocionante. Seja no cinema, na literatura ou em qualquer outro tipo de cultura ou arte.


Dos filmes que retratam esse tema, tão carregado, o que mais me incomodou pelas cenas cruéis foi o filme “Irreversível”. Assisti a produção uma vez, no cinema, e jamais irei assistir novamente. Prometi isso a mim mesmo. Achei essa obra cinematográfica violenta e com algumas cenas desnecessárias que só tinham como objetivo chocar. Apesar de o roteiro merecer algum elogio pela forma narrativa, na soma geral não gostei da obra.


“Acusados” utiliza o mesmo assunto com roteiro envolvente e emocionante para narrar à história de uma mulher de baixa renda, ferrada, e que vai para um bar afogar as mágoas e se "vingar" do namorado com quem brigou. Porém, a situação se complica e ela é violentada por mais um de um rapaz. Sofrimento sexual ao extremo.


A partir desse momento a trama nos apresenta um ótimo filme dramático que além de mostrar o conflito interno da moça violentada, aborda questões importantes sobre como o poder da lei e de um julgamento afetam a vida de um cidadão. O roteiro ainda levanta reflexões importantes de como as escolhas individuais afetam ao próximo, obviamente trazendo consequências.



Perguntas morais e éticas são levantadas e levam todos a uma reflexão verdadeira sobre a atitude de cada um. Afinal, qual a responsabilidade de cada cidadão dentro da sociedade e do mundo em que vivemos?


Jodie Foster (“Táxi Driver”) realizou uma atuação forte, digna e marcante e com todos os méritos, venceu o Oscar de melhor atriz e o Globo de Ouro.


“Acusados”, apesar de tenso, sofrido e lacrimejante merece ser visto pelos fãs de histórias com julgamentos e principalmente por quem aprecia um ótimo drama, que não faz concessões morais.


Obrigatório para mulheres e ainda mais para homens, principalmente os que ainda acreditam que no sexo vale tudo. Vale mesmo?


Dedicado ao sites parceiros:

http://cinemadetalhado.blogspot.com/


http://cinelupinha.blogspot.com/


Sinopse - Garota que é estuprada num bar por vários homens, incentivados por outros que aplaudiam a cena. Advogada do caso acaba processando todos aqueles que incitaram o crime.


Filme 4,5 pipocas


1 pipoca – péssimo
2 pipocas – ruim
3 pipocas – razóavel/regular
4 pipocas – bom
5 pipocas – imperdível

9 comentários:

♪ Sil disse...

Renato, queridooooooooo!

Sabe o que vim te agradecer??
Lembra qdo te disse que não era de filmes, que não tinha muito saco, nem tempo as vezes?
Graças a você, peguei o gosto de novo.
Agora a TV e o DVD estão no meu quarto, e como te disse ando comprando DVDs feito louca.
Comprei o menino do pijama listrado, dizem que é lindooo, mas ainda não vi (minha filha fez o favorrrrrr de emprestar pra enfermeira do meu pai sem me pedir).
Enfins...obrigada pela amizade e pelos toques de filmes.
tem sido uma terapia.

Um beijoooo

Gabriel disse...

Jodie Foster. Isso já garante uma boa sessão, hehe. Depois de Irreversível, fica difícil ver um filme com esse tema do mesmo modo que sem ter visto o filme de Noé, mas ele parece ser bem bom, vou procurar aqui.
Abraços

Rosane Marega disse...

Adorei esse filme Renato.
Adoro suas dicas
Adoro o seu blog
BeijoSSSS no coração

Guará Matos disse...

O que eu curto aqui além das dicas rolam muitas orientações, maneiro.

Abraços.

Hugo disse...

É um bom drama com duas atrizes de talento, Jodie Foster e a sumida Kelly McGillis,

O roteiro faz uma crítica tb ao sistema judiciário americano, que muitas vezes acaba julgando o caráter da vítima.

Até mais.

Alan Raspante disse...

O modo que mostra e retrata o abuso sofrido pela personagem é incrível. Jodie Foster em um dos seus melhores momentos.

abs,
cinegrafia.blogspot.com

Maria Gabriela disse...

sempre que eu preciso de dicas de filmes venho aqui... adoro suas críticas.

Sonhos De Deus disse...

Amigo querido,Que todos os dias quando você acordar...
receba dos Céus a bênção de ter
sempre por perto as pessoas que te amam...
Um final de semana com toda sorte de benção bjs!!!

Cristiano Contreiras disse...

Uma atuaçao perfeita de Jodie Foster. O filme é quadrado, envelheceu sutilmente, mas tem seu valor! abs